Seja bem vindo ao nosso site Projeto Livres Web Rádio TV - projetolivreswebradio.tv.br.

Projeto Livres Web Rádio TV
Paraná

Novo aquário de Foz do Iguaçu vai ampliar geração de emprego e atração de turistas

O projeto foi lançado nesta quinta-feira (1) com a presença do governador Ratinho Junior. Ele será gerido pela mesma empresa responsável pelo Aquário do Rio de Janeiro e receberá cerca de R$ 100 milhões de investimento.

Publicada em 02/06/23 às 00:36h

por Projeto Livres Web Rádio TV


Compartilhe
   

Link da Notícia:

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta quinta-feira (1) do lançamento das obras do AquaFoz, o aquário de Foz do Iguaçu. A unidade do Grupo Cataratas está recebendo um investimento de R$ 100 milhões e tem estimativa de gerar de até  (Foto: Projeto Livres Web Rádio TV)
  Um dos principais destinos turísticos do Brasil, Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, vai ganhar um novo atrativo. O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta quinta-feira (1) do lançamento das obras do AquaFoz, o Aquário de Foz do Iguaçu. A unidade do Grupo Cataratas está recebendo um investimento de R$ 100 milhões e tem estimativa de gerar de até 300 empregos diretos. A estrutura também deve ampliar a atração de turistas para o municipio
A emissão da Licença de Instalação foi concluída pelo Instituto Água e Terra (IAT) em maio e foi entregue pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior à diretoria do Grupo Cataratas. O licenciamento permite que o grupo que vai gerir e administrar o aquário inicie as obras e, na sequência, as atividades comerciais. A previsão é que o AquaFoz seja inaugurado em dois anos, no primeiro semestre de 2025.

“Este é mais um grande investimento para Foz do Iguaçu, feito por um grupo com expertise no setor turístico e que já tem um case de sucesso com o Aquário do Rio de Janeiro. Além de gerar cerca de 300 empregos, esse projeto vai se tornar mais um atrativo turístico para a cidade, fazendo com que os turistas permaneçam mais tempo na cidade e gastem mais no comércio local”, afirmou Ratinho Junior.

“Além do AquaFoz, temos encaminhada a instalação do Museu Pompidou na cidade, que está entre os cinco maiores do planeta, e estamos buscando parcerias para que outros museus venham para cá, porque o turismo de museu movimenta bilhões em recursos todos os anos”, acrescentou.

A ministra do Turismo, Daniela Carneiro, destacou o papel de Foz do Iguaçu no turismo nacional e comentou como novos empreendimentos, como o AquaFoz, movimentam o setor. “Quando a gente fala de turismo se refere à geração de emprego e desenvolvimento econômico e social. E este empreendimento vai muito além do lazer, porque trata diretamente de sustentabilidade, educação, qualificação e pesquisa”, ressaltou. 

 

Novo aquário de Foz do Iguaçu vai ampliar geração de emprego e atração de turistas
O projeto foi lançado nesta quinta-feira (1) com a presença do governador Ratinho Junior. Ele será gerido pela mesma empresa responsável pelo Aquário do Rio de Janeiro e receberá cerca de R$ 100 milhões de investimento.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta quinta-feira (1) do lançamento das obras do AquaFoz, o aquário de Foz do Iguaçu. A unidade do Grupo Cataratas está recebendo um investimento de R$ 100 milhões e tem estimativa de gerar de até 300 empregos diretos. A estrutura também deve ampliar a atração de turistas para o município.
Foto: Albari Rosa/AEN
Um dos principais destinos turísticos do Brasil, Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, vai ganhar um novo atrativo. O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta quinta-feira (1) do lançamento das obras do AquaFoz, o Aquário de Foz do Iguaçu. A unidade do Grupo Cataratas está recebendo um investimento de R$ 100 milhões e tem estimativa de gerar de até 300 empregos diretos. A estrutura também deve ampliar a atração de turistas para o município.

A emissão da Licença de Instalação foi concluída pelo Instituto Água e Terra (IAT) em maio e foi entregue pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior à diretoria do Grupo Cataratas. O licenciamento permite que o grupo que vai gerir e administrar o aquário inicie as obras e, na sequência, as atividades comerciais. A previsão é que o AquaFoz seja inaugurado em dois anos, no primeiro semestre de 2025.

“Este é mais um grande investimento para Foz do Iguaçu, feito por um grupo com expertise no setor turístico e que já tem um case de sucesso com o Aquário do Rio de Janeiro. Além de gerar cerca de 300 empregos, esse projeto vai se tornar mais um atrativo turístico para a cidade, fazendo com que os turistas permaneçam mais tempo na cidade e gastem mais no comércio local”, afirmou Ratinho Junior.

“Além do AquaFoz, temos encaminhada a instalação do Museu Pompidou na cidade, que está entre os cinco maiores do planeta, e estamos buscando parcerias para que outros museus venham para cá, porque o turismo de museu movimenta bilhões em recursos todos os anos”, acrescentou.

A ministra do Turismo, Daniela Carneiro, destacou o papel de Foz do Iguaçu no turismo nacional e comentou como novos empreendimentos, como o AquaFoz, movimentam o setor. “Quando a gente fala de turismo se refere à geração de emprego e desenvolvimento econômico e social. E este empreendimento vai muito além do lazer, porque trata diretamente de sustentabilidade, educação, qualificação e pesquisa”, ressaltou. 

Governador apresenta potenciais turísticos do Paraná na abertura do Festival das Cataratas
EMPREENDIMENTO – O AquaFoz será construído em uma área particular, de 23 mil metros quadrados, na entrada do Parque Nacional do Iguaçu, ao lado do Centro de Visitantes, na BR-469. A previsão de conclusão da obra é de 24 meses. O espaço contará com diversos tanques com espécies de água doce e de ecossistemas marinhos que somam um volume total de aproximadamente 3,5 milhões de litros de água.

Além da questão turística, o complexo nasce como um centro de conservação da biodiversidade, apoiado no tripé educação, pesquisa e preservação. O objetivo é conduzir estudos sobre ecologia alimentar e reprodutiva, distribuição geográfica, conservação e coibição de espécies exóticas, entre outros temas ligados ao meio ambiente.

Segundo o CEO do Grupo Cataratas, Pablo Moris, o local permitirá ao visitante conhecer por meio de uma experiência imersiva e educativa, dois dos principais rios paranaenses, o Paraná e o Iguaçu, e ainda conhecer as espécies de peixes de água doce de diversos ecossistemas, formados ao longo desses rios.

“Desde 2015 administramos o AquaRio, que é o Aquário do Rio de Janeiro, e agora trazemos para Foz do Iguaçu o AquaFoz. Ele não será apenas um equipamento turístico, mas um local importante para a conservação da biodiversidade, onde será trabalhado fortemente a questão da educação ambiental, pesquisa e conservação, com foco nas bacias do Rio Iguaçu e do Rio Paraná, além de contar um pouco da história da Amazônia e do Pantanal”, explicou.

O AquaFoz também vai enriquecer a oferta turística em Foz do Iguaçu, um dos mais importantes destinos do Brasil. A cidade conhecida mundialmente pelas Cataratas do Iguaçu, dentro do Parque Nacional, conta ainda com atrativos como a Usina de Itaipu, Marco das Três Fronteiras (com uma das maiores rodas gigantes do País), Parque das Aves e Macuco Safári, além de estar localizada na fronteira com Argentina e Paraguai. Em 2022, segundo estimativa dos sindicatos locais, o município recebeu mais de 2 milhões de turistas.

Para o prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, mais esta novidade vai fazer com que o turista fique por mais tempo na cidade, movimentando a economia. “Além do atrativo, esse investimento representa um compromisso com a educação e a conservação ambiental. Ele vem se somar a outros atrativos e vai aumentar o tempo de permanência do visitante em Foz do Iguaçu, trazendo ganhos a toda a cadeia turística”, salientou.

 
Novo aquário de Foz do Iguaçu vai ampliar geração de emprego e atração de turistas
O projeto foi lançado nesta quinta-feira (1) com a presença do governador Ratinho Junior. Ele será gerido pela mesma empresa responsável pelo Aquário do Rio de Janeiro e receberá cerca de R$ 100 milhões de investimento

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta quinta-feira (1) do lançamento das obras do AquaFoz, o aquário de Foz do Iguaçu. A unidade do Grupo Cataratas está recebendo um investimento de R$ 100 milhões e tem estimativa de gerar de até 300 empregos diretos. A estrutura também deve ampliar a atração de turistas para o município.
Foto: Albari Rosa/AEN
Um dos principais destinos turísticos do Brasil, Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, vai ganhar um novo atrativo. O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta quinta-feira (1) do lançamento das obras do AquaFoz, o Aquário de Foz do Iguaçu. A unidade do Grupo Cataratas está recebendo um investimento de R$ 100 milhões e tem estimativa de gerar de até 300 empregos diretos. A estrutura também deve ampliar a atração de turistas para o município.

A emissão da Licença de Instalação foi concluída pelo Instituto Água e Terra (IAT) em maio e foi entregue pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior à diretoria do Grupo Cataratas. O licenciamento permite que o grupo que vai gerir e administrar o aquário inicie as obras e, na sequência, as atividades comerciais. A previsão é que o AquaFoz seja inaugurado em dois anos, no primeiro semestre de 2025.

“Este é mais um grande investimento para Foz do Iguaçu, feito por um grupo com expertise no setor turístico e que já tem um case de sucesso com o Aquário do Rio de Janeiro. Além de gerar cerca de 300 empregos, esse projeto vai se tornar mais um atrativo turístico para a cidade, fazendo com que os turistas permaneçam mais tempo na cidade e gastem mais no comércio local”, afirmou Ratinho Junior.

“Além do AquaFoz, temos encaminhada a instalação do Museu Pompidou na cidade, que está entre os cinco maiores do planeta, e estamos buscando parcerias para que outros museus venham para cá, porque o turismo de museu movimenta bilhões em recursos todos os anos”, acrescentou.

A ministra do Turismo, Daniela Carneiro, destacou o papel de Foz do Iguaçu no turismo nacional e comentou como novos empreendimentos, como o AquaFoz, movimentam o setor. “Quando a gente fala de turismo se refere à geração de emprego e desenvolvimento econômico e social. E este empreendimento vai muito além do lazer, porque trata diretamente de sustentabilidade, educação, qualificação e pesquisa”, ressaltou. 

Governador apresenta potenciais turísticos do Paraná na abertura do Festival das Cataratas
EMPREENDIMENTO – O AquaFoz será construído em uma área particular, de 23 mil metros quadrados, na entrada do Parque Nacional do Iguaçu, ao lado do Centro de Visitantes, na BR-469. A previsão de conclusão da obra é de 24 meses. O espaço contará com diversos tanques com espécies de água doce e de ecossistemas marinhos que somam um volume total de aproximadamente 3,5 milhões de litros de água.

Além da questão turística, o complexo nasce como um centro de conservação da biodiversidade, apoiado no tripé educação, pesquisa e preservação. O objetivo é conduzir estudos sobre ecologia alimentar e reprodutiva, distribuição geográfica, conservação e coibição de espécies exóticas, entre outros temas ligados ao meio ambiente.

Segundo o CEO do Grupo Cataratas, Pablo Moris, o local permitirá ao visitante conhecer por meio de uma experiência imersiva e educativa, dois dos principais rios paranaenses, o Paraná e o Iguaçu, e ainda conhecer as espécies de peixes de água doce de diversos ecossistemas, formados ao longo desses rios.

“Desde 2015 administramos o AquaRio, que é o Aquário do Rio de Janeiro, e agora trazemos para Foz do Iguaçu o AquaFoz. Ele não será apenas um equipamento turístico, mas um local importante para a conservação da biodiversidade, onde será trabalhado fortemente a questão da educação ambiental, pesquisa e conservação, com foco nas bacias do Rio Iguaçu e do Rio Paraná, além de contar um pouco da história da Amazônia e do Pantanal”, explicou.

O AquaFoz também vai enriquecer a oferta turística em Foz do Iguaçu, um dos mais importantes destinos do Brasil. A cidade conhecida mundialmente pelas Cataratas do Iguaçu, dentro do Parque Nacional, conta ainda com atrativos como a Usina de Itaipu, Marco das Três Fronteiras (com uma das maiores rodas gigantes do País), Parque das Aves e Macuco Safári, além de estar localizada na fronteira com Argentina e Paraguai. Em 2022, segundo estimativa dos sindicatos locais, o município recebeu mais de 2 milhões de turistas.

Para o prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, mais esta novidade vai fazer com que o turista fique por mais tempo na cidade, movimentando a economia. “Além do atrativo, esse investimento representa um compromisso com a educação e a conservação ambiental. Ele vem se somar a outros atrativos e vai aumentar o tempo de permanência do visitante em Foz do Iguaçu, trazendo ganhos a toda a cadeia turística”, salientou.

Estado incentiva empresas e prestadores de serviços a atualizarem dados do Cadastur
Estado assina protocolo de intenções para potencializar as 19 Instâncias de Governança Turística
INFRAESTRUTURA – Ratinho Junior aproveitou o evento para citar outros investimentos públicos na região. O Governo do Estado, em parceria com a Itaipu Binacional, está investindo também na ampliação e melhoria da infraestrutura da cidade, o que tem atraído cada vez mais investimentos da iniciativa privada. Entre as intervenções, destaque para segunda ponte com o Paraguai, a Ponte da Integração, e a perimetral com a BR-277; a duplicação da Rodovia das Cataratas; e a ampliação da pista do Aeroporto Internacional.

GRUPO CATARATAS – O Grupo Cataratas é uma empresa de turismo sustentável, com cerca de 5 milhões de visitantes anuais. Iniciou sua operação em 1999, em Foz do Iguaçu, com gestão do Parque Nacional do Iguaçu, no lado brasileiro das Cataratas. Também opera a concessionária EcoNoronha, no Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, o Marco das Três Fronteiras, em Foz do Iguaçu, a Paineiras Corcovado (vans oficiais que fazem o transporte até o Alto Corcovado no Parque Nacional da Tijuca, no Rio), e o Aquário e o BioParque do Rio de Janeiro.

PRESENÇAS – Participaram da inauguração o vice-governador Darci Piana; os secretários estaduais do Turismo, Márcio Nunes, do Desenvolvimento Sustentável, Valdemar Bernardo Jorge, e da Comunicação, Cleber Mata; o presidente da Sanepar, Claudio Stabile; o presidente da Embratur, Marcelo Freixo; o presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin; o diretor-geral da Itaipu Binacional, Enio Verri; o diretor superintendente do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Irineu Colombo; o deputado federal Vermelho; os deputados estaduais Matheus Vermelho e Goura.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Site Projeto Livres Web Rádio TV
Visitas: 97767   Usuários Online: 5
Copyright (c) 2024 - Projeto Livres Web Rádio TV - ANUNCIANDO O EVANGELHO DE JESUS CRISTO (JESUS É BOM)

Seja bem vindo ao nosso site Projeto Livres Web Rádio TV - projetolivreswebradio.tv.br!